Como Vencer Uma Mulher Numa Discussão

julho 8, 2009
Tirei esse texto de  daqui (http://84gu.blogspot.com/2009/07/como-vencer-de-uma-mulher-em-uma.html) achei muito interessante, é bom vc (homem) dar uma lida nele hahaha.
https://i2.wp.com/www.chongas.com.br/chongas/avatar/macaco-pensativo.jpg
“É difícil pra mim, homem, admitir isto, mas é virtualmente impossível ganhar de uma mulher em uma discussão. E quando falo em discussão, eu quero dizer uma discussão homem-mulher, de casal – não entra aqui discussões sobre política, ciência, futebol ou qualquer outro tipo de argumentação -, a mulher vai ganhar a discussão em 99,9% das vezes. E vai ganhar por vários motivos, todos eles devido, principalmente à astúcia, estratégia e chantagens emocionais – em que elas são, também, imbatíveis.
Existem casos em que vocês, mulheres, se aproveitam da nossa falta de vontade em discutir: vocês escolhem os piores horários para conversar sobre os assuntos mais bizarros, como perguntar o que a gente queria dizer quando falamos que a sobremesa que vocês fizeram ficou diferente – e em nenhum momento nós dissemos que ficou pior – do que da outra vez: seja as quatro horas da manhã, nos acordando, seja enquanto estamos relaxados no sofá da sala, desprotegidos do resto do mundo, concentrados assistindo ao futebol – mesmo que seja da série C do campeonato acreano, nós queremos assistir. Nestas horas, mulheres, fiquem felizes se vocês receberem um “Rmmwlmnswl” como resposta: isso significa que nós estamos tentando prestar atenção em vocês e que se vocês tentarem conversar com a gente outra hora a gente vai te ouvir. Nesses casos – o que dá uns 80% das “discussões – nós perdemos por W.O.
Mas vamos falar dos 20% que imporam: os 20% em que nós, homens, estamos dispostos a ouví-las e discutir racionalmente o assunto. Racionalmente… é aí que a vaca vai pro brejo. É IMPOSSÍVEL(!!) que uma mulher discuta racionalmente. Pra começar, já é difícil descobrir o porquê da DR: ela vai estar lá, sentada no sofá com a cara amarrada e você, homem, com a melhor das intenções, vai perguntar pra ela “querida, o que foi que houve?”. E isto era o pior erro que você podia ter cometido; se você tiver sorte, ela vai dizer “O que você acha?!?” e ficar quieta, esperando que você, com poderes adivinhatórios de fazer inveja à Mãe Diná e Walter Mercado juntos, descubra o que é que você fez pr’aquela pobre alma – e acredite, geralmente você não fez nada mesmo: e aí já foi mais uns 5% das discussões perdidas.
“E os outros 15%,?” você vai me perguntar. O restante é aquelas discussões que fazem da vida a 2 um inferno às vezes; mas também é nesses casos que nós, homens, temos a mínima chance de sair vitoriosos, mas também é um terreno perigoso, onde qualquer mínimo erro pode por tudo a perder. Mas a estratégia das mulheres é sempre a mesma e conhecer esta estratégia é o único jeito de ter uma chance de vitória. Vamos, primeiro, conhecê-las para, depois, discutir as contra-estratégias.
O “modo de ação” de uma mulher durante uma discussão é muito simples de identificar – porém, praticamente impossível de prever onde vai levar. Explico: isto se deve ao fato que uma mulher, em uma discussão, perte totalmente o senso de objetividade, racionalidade e, principalmente, lógica. Não importa qual seja o assunto que vocês estão discutindo, os argumentos dela vão girar por 5 pontos principais: a) Você não ama ela; b) você nunca presta atenção nela, por isso você não entende; c) alguma mulher – que você conhece ou não – que, ela cismou, te dá mole; d) você tem outra (por mais que não tenha) e, finalmente, e) sua mãe é uma jararaca ou o seu pai é um idiota. São nestes pontos em que a argumentação dela, principalmente quando você estiver discutindo tudo seguindo – pobre infeliz iludido – uma linha de raciocínio clara.
Então, pequeno padawan, esteja preparado. Tenha respostas prontas contra estes argumentos (exceto o e, que ela vai usar só em momentos de desespero – já chego lá). Sempre refute, com veemência (nossa, duas palavras que eu sempre quis colocar em um texto de uma vez só) mas com a calma e a presença de espírito dignas de um monge budista em meditação, o que ela disser. Negue, até a morte, por mais que seja verdade, e tente sempre desconstruir os argumentos delas expondo fatos concretos, que até ela pode ver. E nunca – eu disse NUNCA! – fique irritado: é isso que ela quer.
Mas muito cuidado nessas horas! Se ela sentir que a discussão não está indo para onde ela quer, ela vai partir para a ignorância, ela vai usar os seus poderes de terrorista mental. Ela vai começar a concordar com tudo o que você diz – isto é ruim, acredite – e, quando você tiver começando a baixar as suas defesas, vai soltar alguma coisa (geralmente associado ao item e) que vai te fazer perder a cabeça. E aí, pequeno gafanhoto, você perdeu a discussão mais uma vez. Porque então, irritados, começamos a falar cada vez mais alto e, o pior, não pensamos mais direito no que vamos falar. E isso quer dizer DERROTA!
Recapitulando: para ter uma chance mínima de vencer uma discussão contra uma mulher é preciso: manter a calma, refutar todos os argumentos dela com fatos, tentando trazer a discussão para um terreno mais firme, onde a lógica possa existir e, principalmente, negar – até a morte – todas as acusações que ela fizer.
PS: Além de toda esta contra-estratégia, existe um curinga que nós podemos usar contra qualquer mulher e pode ser feito de duas formas: ou deixar ela falando sem parar ou responder tudo com a maior calma possível. Até ela se irritar e começar a chorar e espernear. Neste momento, você usa o Ás que tinha guardado na manga: olhe bem nos olhos dela, segure-a, delicadamente, claro, pelos braços e pergunte, com a maior calma do mundo, “por que você tá agindo que nem uma maluca?” ou ainda “por que você tá gritando desse jeito?”.
Anúncios

Em terra de cego quem tem olho é rei

julho 8, 2009


Super Bizarro hahaha

julho 8, 2009


Ótimo início de semana

julho 6, 2009

https://i0.wp.com/static.blogstorage.hi-pi.com/spaceblog.com.br/r/ro/rogeriomsjr/images/mn/1179636234.jpg


O Controle dos sonhos! (do homem)

julho 6, 2009

controlar mulher O sonho de todos os homens!


Diferença entre espelho masculino e feminino

julho 6, 2009

Há diferenças para o espelho Feminino e Masculino, Vejam!att2283669 Espelhos diferentes.


Propagandas toscas

julho 6, 2009